Make your own free website on Tripod.com

Dr. Mário Perrone
Dia do médico
Home
Músicas
Favoritos
Artigos
Rondonópolis

         Dia do Médico

         Neste 18 de outubro, dia do médico, não quero elogios pelas dores que amenizei. Não quero cumprimentos pelos males que curei. Não quero felicitações pelas lágrimas que sequei. Não quero homenagens pelas vidas que salvei.

          Embora o médico também seja um artista, deixem os aplausos para os atores, para os cantores e para  os dançarinos.

 

         Neste dia, quero apenas pedir desculpas.

 

         Peço desculpas por ser limitado, por não ter soluções mágicas para todos os problemas; por não ser onipotente, onisciente e onipresente como  Deus.

Peço desculpas por não poder ser o que esperam que eu seja e por não ter os poderes que me atribuem.

 

         Peço desculpas por ter que pagar impostos, por ter que me atualizar, por ter que me alimentar, por ter que me vestir, por ter que me locomover, por ter que educar meus filhos. E, em conseqüência de tudo isto, peço desculpas por ter que cobrar pelos meus serviços.

 

         Peço desculpas pelos problemas sociais do Brasil, pela fome, pela miséria, pela desnutrição e pelas grandes endemias. Não está ao  meu alcance resolvê-los, embora muitos me culpem por eles.

 

         Peço desculpas por aceitar passivamente o que os governantes fizeram com a saúde pública de nosso País. Peço desculpas por ter que trabalhar sem as mínimas condições técnicas e de segurança. Peço desculpas por ajudar a eleger deputados, senadores e até presidentes totalmente insensíveis aos problemas básicos de nossa população.

 

         Peço desculpas pelo meu indisfarçável cansaço após uma noite de plantão. Peço desculpas por não estar sempre sorridente e simpático como um funcionário de hotel. Peço desculpas por ter que me esforçar muito para que meus problemas pessoais não interfiram em meu trabalho.

 

         Enfim, humildemente, peço desculpas por ser apenas um ser humano.

 

 

                                                        Um Médico Brasileiro